Minas de Carvão: Do trabalho Infantil e Escravo ao Fim da água no Planeta

É meus amigos, a coisa não tá fácil. Já é relativamente bem conhecida a condição de trabalho em grande parte das Minas de Carvão, principalmente em países onde a legislação trabalhista não é muito rígida. Aliás, onde a legislação é rígida, como podemos considerar no Brasil, ainda encontramos trabalho infantil e análogo ao Escravo em Minas no Interior, imaginem vocês na Índia e interior da China? Pois é, pasmem vocês que a situação pode ser piorada e muito, quando analisamos todo o processo produtivo e água desperdiçada no processo. Estamos destruindo o Planeta pra gerar mais e mais energia. Com várias soluções de energia limpa, infelizmente o Carvão ainda tem um potencial enorme. Agora, some-se a poluição para gerar e consumir o Carvão , ao consumo de água EXAGERADO, necessário para se produzir o insumo.

Num estudo que o Greenpeace divulgou recentemente, seus especialistas analisaram o consumo de água em usinas de carvão. Hoje existem cerca de 8.359 que estão ativas e outras 2.688 planejadas para entrar em atividade. É isso aí, existem ainda quase 3mil usinas planejadas para serem abertas e destruírem o Planeta. Essas usinas consomem tanta água no processo de produção do Carvão, aponta o estudo, que apenas para referência: uma usina de carvão de tamanho médio que gere 500 MegaWatt/H absorve a água de uma piscina olímpica a cada três minutos. A água é usada durante o processo de geração de energia (geralmente no processo de resfriamento) e também para extrair o carvão do solo.

Ainda há um agravante: Quase metade (45%) dessas usinas ficam em áreas que não têm água doce o suficiente (nem mais no subsolo). Outras 600 das novas usinas planejadas estão em locais em que em breve esgota-se a água subterrânea.  A falta de água, em algumas vezes, foi causada pelo carvão ou extração de petróleo. Por óbvio, além de destruir a natureza, as usinas destroem a água e o ar.

Leia também: Lago surge “do nada” na Tunísia! É lindo e perigoso!

usinas-china
Para uma referência o mapa (obtido pelo Gizmodo) mostra nas áreas escuras da China e Países vizinhos, esgotamento de água no solo. Quanto mais escura, maior o esgotamento de água.

Da quantidade de Usinas planejada para abertura 10% delas só na China. A Índia é outra vilã no processo possuindo uma poluição do AR, muito maior que na China (aliás o pior ar do Mundo). Na sequência os EUA vem melhorando seu posicionamento na escala de vilão do Carvão, pois tem substituído gradativamente (hoje já mais de 50%) o carvão pelo Gás.

Quais são as nações mais dependentes da produção de carvão? Polônia e África do Sul, onde 85% da energia provém desse tipo de fonte.

Novas tecnologias vem sendo estudadas para frear o uso da água no processo, como o resfriamento a seco, mas, de verdade, a solução definitiva é trocar a forma de combustível enérgico das plantas para soluções mais limpas. Isso demanda investimos astronômicos em Países como Índia e África do Sul, emergentes. Mas o que cuta mais caro? Saúde Pública, Falta de Água (que passariam a ser recorrentes ou investimento na Indústria apenas uma vez!?!

Leia Também: Um tapa na cara de Hitler! Bebe da propaganda Ariana era Judeu.




Matérias Relacionadas

Noticias curiosas, mistérios, fotos curiosas, videos engraçados is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache